Zan Perrion e a Sedução Iluminada - Parte 3: Não Reatividade

Este é um artigo de ouro puro feito por Zan Perrion, que explica sua filosofia, traduzido não por mim mas pelo PUA Marinho.
Ps. Este artigo não é exatamente do Zan, mas sim do Marinho, que o fez para EXPLICAR a filosofia do grande sedutor mais amado pelas mulheres.
Como estão os melhores amantes e apreciadores das mulheres de todos os tempos? Eu estou bem também!
Sem enrolações, vamos para a próxima parte da série sobre sedução iluminada. ESTA é realmente muito importante. Vai mudar sua forma de reagir ao mundo.
Aproveitem ao MÁXIMO!
Sim!
Muita, muita, mas MUITA GENTE MESMO fica sem entender quando dizem em ser “não-reativo”. O que é isso, na verdade?
É você bater e não ter volta. É você chamar e não ter resposta. É alguém chegar, fazer uma crítica, ou tomar uma atitude querendo que você mude seu comportamento (fique com raiva, fique abalado, etc) e você não mudar. Não se incomodar. Continuar com o mesmo comportamento, seja qual for.
Se você for antipático e antissocial, e alguém te critica, você simplesmente não liga. Você não vai mudar seu jeito de ser por causa de uma crítica. Se você for cafageste, sedutor, religioso, ateu, engraçado, sério… você não vai deixar que o comportamento e a imagem que OUTRA PESSOA tem de você mude seu jeito.

Ser não-reativo é ser tão fielmente ligado à quem você é que críticas e “armadilhas” de outras pessoas para fazer você ter uma outra reação diferente de você simplesmente passem voando.

Então, o Zan, em seus relatos, em seus artigos, até na sua conversa dá para notar que não importa o quanto você xingue, diga que ele está errado e ofenda ele, ele não vai ligar, não vai mudar o jeito dele, não vai sequer se importar. Ele só vai rir, dizer como você é bobinho por causa disso e puxar outro assunto.
Lembrem-se do que Zan diz.
 Você está numa aventura constante, uma aventura bem louca e divertida, e seria bastante legal se vocês fossem juntos. Porém se ela não quiser, você vai mesmo assim.
Você está ok com tudo à sua volta. Criticado ou aplaudido, tanto faz para você. Você não liga para resultados. Tudo o que voce quer é fazer o que gosta.
Se for na sedução, se você conseguir um beijo, será ótimo. Se conseguir um fora, também ótimo. Você fez o que queria, que foi seduzir, mesmo que pouco ela, mexer com ela, se você, em algum momento, fez ela se sentir uma verdadeira mulher, desejada e submissa ao mesmo tempo, você cumpriu seu objetivo. O resto é bônus.

Esse é o segredo de ser não-reativo. Simplesmente fazer o que gosta, que é seduzir sendo quem você é. Se ela aceitar, beleza, se não, beleza também. De qualquer maneira, ela não vai te esquecer tão cedo.

Ser não-reativo é como pintar uma tela. Você está no maior duro para fazer o desenho, e alguém chega e joga tinta amarela no seu desenho todo. Você para e diz “sabe, o amarelo ficou legal assim!” a pessoa, mais surpresa e indignada, joga tinta vermelha. “Impressionante como fica um abstrato legal desse jeito”, você diz. Você guarda para fazer o seu desenho depois, e começa a pintar no abstrato que a pessoa jogou.
Galera… não importa se você não ganhou beijo, não importa se você tomou um fora, não importa se você não teve nenhuma resposta, nenhum resultado… o importante é que você foi lá, demonstrou sua filosofia, e por um momento que seja, a fez uma mulher de verdade. É sobre ISSO, que a filosofia trata. Distribuir prazer para elas, sem esperar nada em troca.
Antes de ir, um recado:
Vejo também que muita gente não tá conseguindo seguir o que estou colocando nos artigos. Vou dizer uma coisa. Aqui, eu só coloco o caminho. O modo que você anda, o modo que você o toma, o modo que você sai… é com VOCÊ. Eu só boto o raciocínio aqui, você tem que desenvolver e tirar suas conclusões SOZINHO.
“Poeta? Hahaha, não sou poeta nenhum! Tudo o que faço é juntar umas palavras e ver no que dá. Toda essa interpretação profunda, eu deixo para quem entende de poesia fazer.” (Luis Fernando Veríssimo)
Um abraço forte, cara!
- Marinho
Não percam o que está por vir! É cada vez melhor!
Créditos: Lohan, base dos naturais