ENCONTRO EM BARES

ENCONTRO EM BARES
 
É comum o encontro em bares, porém sempre há uma dúvida-, “Onde sentar, ao lado ou a frente da garota?”.

Nem ao lado, muito menos a frente, dê preferência em posição perpendicular a ela, explicarei:

FRENTE A FRENTE: Apesar de favorecer o contato visual, o olhar, o que é extremamente importante na sedução, o problema fica na barreira física da mesa. Isso não ajuda em nada no “Kino”, não passa de um segurar a mão da garota, e como você vai escalar até o beijo com uma mesa dividindo o contato físico? Extremamente difícil.

ENCONTRO EM BARES


LADO A LADO: Apesar de favorecer o contato físico entre o homem e a mulher, tem duas desvantagens:

1-A postura para manter o contato visual fica desconfortável, e como vocês sabem, Body Language é importante na sedução, e nada melhor que uma postura confortável e confiante, como ter essa BL boa sem fazer contorcionismo para manter contato visual na garota ao seu lado? Não tem como.

2-Ao chegar a mesa, se sentar ao lado dela, já joga todas as cartas a mesa, “Estou afim de você”, perdendo todo poder da dúvida no “jogo da sedução”. Agora ela pode brincar, fazer o tão famoso “cu doce”, você já está abatido mesmo.

ENCONTRO EM BARES


NA PERPENDICULAR A ELA: Essa é a melhor posição

1-Facilita o contato visual pelo ângulo em posição a ela

2-Possibilita melhor linguagem corporal, a escalação física ao corpo dela, pois a mesa não cria barreira.

3- Há o seu poder da dúvida nela, “Será que ele gostou de mim?”, não demonstrando tão abertamente sua intenção logo de cara como o sentar “lado a lado”.

Enfim, senta se perpendicular em ralação a ela te dá mais poder de manipular a interação.

ENCONTRO EM BARES


Dica: 

-Você escolhe a mesa
-Prefira mesa de quatro cantos.
-Conduza a com leve puxada pelas costas e ofereça a cadeira.
 -Dê pretexto de sentar mais perto dela, “Assim posso te ouvir melhor”, “Não gosto de sentar virado para parede.

Obs: Tudo isso pode parecer “estranhamente técnico” demais para uma simples relação homem-mulher, porém com a experiência as ações se tornam naturais.

Fonte:Godzila