Um papo sobre Social Proof

Dentre todas as ferramentas conhecidas para gerar atração, o Social Proof é uma das mais poderosas.

Aprender a lidar e maximizar os níveis de SP é capaz de conceder resultados que transcendem os limites da própria PU. Não apenas com mulheres, mas em todo o âmbito da interação social você poderá experimentar resultados mais consistentes.

Dada essa possibilidade, vou passar alguns pensamentos a respeito.

Acredito que o primeiro passo para conseguir um Social Proof sólido, sem precisar de manipulação constante, é abrir a própria porta. Ou seja, aprender a ser uma pessoa mais sociável. Porém, não adianta apenas implantar essa crença na sua cabeça. Além dela, alguns comportamentos devem servisados:

1 - Abrir sua BL

Se você mantém uma postura fechada em público, é melhor você rever seus conceitos. Esteja sempre com sua BL ligada! Descruze os braços, mova-se lentamente, não fique com a aquela cara de "todos estão olhando pra mim".

Libere a tensão de seu corpo, como Cortez disse "Imagine-se sozinho no melhor lugar da Terra"... e dessa forma descontraída você conseqüentemente irá inclinar as pessoas a se aproximar de você sem fazer muita força.

2 - Não negligencie a presença das pessoas. Socialize!

Alguns PUA's fazem um estilo durão, não olham muito para os seus alvos, concentrando seu olhar nos momentos de maior tensão. Acham que assim estão sendo misteriosos, atraindo a atenção do alvo.Isso é um erro.

Para um alvo específico até que pode ser efetivo, mas a falta bem dosada de contato visual contribui para criar insegurança.

Voltando à questão da sociabilidade, o olhar é importante porque é uma das ferramentas para demonstrar interesse. Demonstração de interesse massageia o ego das pessoas, desde que dosado na maneira certa. Uma vez fisgadas pelo seu encanto, equilibre as coisas e façam que lhe sigam. Um olhar positivo, acompanhado de um sorriso, emana uma aura positiva que quebra a resistência das pessoas. Não...não pense que isso é coisa de beta...isso é coisa de quem sabe dobrar as pessoas ao seu favor.

3 - Ajuste-se

Para pertencer a um grupo, você deve ter características do grupo, certo?

Imagine-se um cara religioso, cheio de conceitos morais e éticos, querendo entrar num círculo de rockeiros hard-metal porque se encantou com um gatinha estilo gótica que anda com os caras. Se você insistisse em seus valores e não buscasse uma mudança mínima que seja, você sequer nem entraria no grupo, quanto menos iria liderá-los. Correto?

Daí essa importância. É uma questão de flexibilidade. Não estou afirmando para você abandonar sua individualidade, e fazer algumas tatoos e colocar piercing na língua. Não...não...não! Estou dizendo pra ser flexível.

O PUA deve ter uma personalidade profunda, cheia de caracteres e ideais, para que ele possa fluir pelos círculos sociais dos mais variados; da faculdade ao campinho do baba, da academia ao boteco da esquina...enfim...em qualquer círculo, seja aberto ou fechado.

Incorporando e excitando um caractere chave do grupo,a coisa muda de figura. Bastaria comprar, por exemplo, uma camisa do grupo mais light que eles curtem, verbalmente insinuar que aprecia o som, etc. e sobretudo, mostrar entendimento da condição deles. Dessa forma você será aceito, o que é o pre- requisito para almejar ser o líder deles.

4 - Não rejeite pessoas com DVL

Essa é outra coisa interessante a ressaltar.

Vamos supor, intuitivamente, em termos quantitativos, a associação com certos tipos de mulheres. Aqui é como se o Social Proof fosse um joguinho onde se marcaria pontos. A tabela seria mais ou menos assim:

Andar com as SHB's top de linha = +100
Andar com as HB's super gatas = +70
Andar com HB's normais = +50
Andar com hB's = +30
Andar com UG's aceitáveis = +10
Andar com UG's terríveis = +1
Andar sozinho = +0

Perceberam? Vocês só não podem é ser vistos como os bichos-do-mato, que vivem sozinhos e sem companhia. Isso sim é pinico!!!

E cá entre nós...rejeitar a amizade de uma mulher só porque ela é feia ou tem outra coisa, como uma deficiência física por exemplo, é uma tremenda idiotice. Pense sempre em ampliar seus círculos sociais. Focalize em se tornar o rei da massa, do reino inteiro, e não controlar apenas a nobreza. Uma hora a plebe se levanta pra te derrubar e ae...pinico pra vc!

Sem contar que ela pode ter uma amiga gata pra lhe apresentar, não é?

5 - Comece por círculos fechados

Esse último ponto é especial para os que têm dificuldades com Social Proof. Um erro comum é querer fazer o SP em todos os seus círculos de uma vez. Não é bem por aí....É bem mais fácil gerenciar o grupo "amigos da turma de Física" do que todo o grupo "amigos da faculdade". Atenção pra dica : "Deve-se estabelecer e liderar, a princípio, um grupo pequeno antes de liderar todo o seu círculo social" - essa aqui eu garanto porque EU fiz isso e obtive sucesso!

Como você irá querer mandar num exército se antes não pegar um batalhãozinho de meia-tijela? Não vamos queimar etapas...tudo faz parte de um grande processo que te guiará a corpos quentes e cheios de curvas, deitados na sua cama...

Então tente impor influência primeiro na academia onde você treina, numa turma específica da faculdade, no cursinho, na igreja; em qualquer tipo de círculo social fechado. Bom PUA's ...É isso...class dismissed! 

Mais um tópico de ouro do fórum Clube Alpha, escrito por Diegojaraujo.
Antes de terminar queria divulgar que o Adrian Villar está prestando consultoria online.
Mais informações: http://adrianvillar.blogspot.com.br/2013/06/consultoria-online-de-seducao-com.html 

Valeu!