[ÁUDIO] Wings - Em defesa da parceria

Voz e texto: Johnny Vice
Música: Kevin MacLeod


Confira abaixo mais um áudio exclusivo do Johnny Vice, agora sobre wings, vale a pena escutar:

 

As 7 regras do wing citadas no áudio:

1-Se os dois tivessem interesse no mesmo alvo, quem viu primeiro é quem deve abordar.

2-Se o seu wing entra num set, você deve tentar trazer o seu set para a interação, usando os seus obstáculos para desarmar os obstáculos dele (acredite, é possível.) Se você não estiver inset, é sua obrigação entrar no grupo para ajudar seu wing.

3-Quando possível, as abordagem devem ser alternadas. Eu escolho um alvo, a gente abre, se não der certo você escolhe um alvo, a gente abre, se não der certo volta pra sua vez.

4-NUNCA usar Neg ou outro tipo de rotina com o alvo do wing. Se o alvo do seu wing se interessar por você, ele vai saber se foi por acidente ou se você deliberadamente provocou isso.

5-A troca de alvos, caso haja, deve ser feita de comum acordo entre os wings, por código ou qualquer outro tipo de comunicação que garanta se ambos estão cientes da troca.

6-Não se fala das regras de wing, ou de PU, na sarge, a menos que alguma regra for quebrada. NUNCA se fala das regras no Set.

7-Sempre deve ser feito um debriefing da sarge depois que ela acabar, ou no dia seguinte se necessário.

Claro, essas regras eram minhas e do Phoenix. Vocês podem adaptá-las à vontade.

Complemento do áudio está nessa postagem no site TRB 

Valeu!