A Matrix na noite da minha cidade

http://2.bp.blogspot.com/-lQ-cMqUMa_E/T-em7FQsfiI/AAAAAAAAABk/mgpqqt78z88/s1600/Banner%2Btype%2BBlog.JPG

Sempre que saio a noite estou acompanhado de mulheres gostosas, ou alguma mulher que eu esteja comendo, as vezes saio com algum amigo natural, canalha ou galinha mesmo, mas não saio com betas perdedores.

Uma coisa que me deixa imbucetado!, e esses merdinha viadinhos que eu vejo quando estou na rua, um bando de moleques criados em apartamento que pegam o carro do pai financiado em 60 VEZES, geralmente um carro popular tipo: Palio,Gol, Corsa, Celta, os carros são mais altos que um trator, e ainda usam rodas de FERRO originais....com calotas ridículas, tem um aparelho de som "original" que não vale porra nenhuma...e começam o show de atitudes esdruxulas...que me deixa irritado e com vergonha ao mesmo tempo.

Eles colocam no mínimo 4 amigos dentro do carro, que fica parecendo uma viatura policial de tanto homem lá dentro, param no sinal (semáforo), com aquele som original ligado com o volume no máximo que só se escuta uma chiadeira sem sentido, não da pra intender nem a musica direito, fazem uma pose de fodão no volante, como o braço esquerdo no volante o direito no cambio de marcha, "estilo velozes e furiosos 6 - Ipatinga Street's",  quando o sinal abre eles aceleram fundo os motorzinhos 1.0 deles com o pé na embreagem, e depois solta a embreagem e o carro começa a cantar pneus por 1,56 (1 segundo e cinquenta e seis centésimos), eles já se acham o próprio "Toretto".

Sai com a quele carro popular achando ser um importado, fazem isso até gastar os R$ 20,00 de gasolina que eles ganharam do pai, depois que o carro ta chagando na "reserva" rapidamente eles escolhem um lugar para parar e olhar o movimento da "muiézada", eles param e compram uma Smirnoff Ice para pagarem de playboy, começam beber apenas de "bicadinha" para não acabar rápido, pois estão com dinheiro a conta certinha (a smirnoff dele parace mesmo um motor 1.0 pois e econômica, e demora 45 minutos para esvaziar uma garrafa).

Apos terminar de beber, eles começam a olhar o movimento já com as mãos vazias...ai como eles não tem moral com ninguém, são invisíveis socialmente, e não tem coragem de chegar em mulher nenhuma...começam a falar que o lugar ta "paia", que não tem muié nenhuma...e outras merdas...ai voltam pra casa sem comer ninguém, sem beijar na boca e sem ao menos conhecer ou conversar com alguma mulher...esse e o roteiro esdruxulo dos homens da cidade de Ipatinga M.G

FONTE: http://typecafajeste.blogspot.com.br/2012/06/matrixianos-na-noite-da-minha-cidade.html
OBS: Eu li este texto no Type Cafajeste a algum tempo, mas ele ficou na minha cabeça, é um belo post e por isso resolvi compartilhar com vocês.

Comentário que eu fiz sobre o post:

Aqui na minha cidade é a mesma coisa...
Infelizmente eu já participei dessa merda, tenho 17 anos e ano passado, meu colega financiou uma Strada, cabe 2 pessoas. Ele chego a levar 6 homens na Stradinha, ligava a porcaria do som dele no maximo, com aquelas músicas de funk, e achava que tava abafando geral.
Chegava no lugar se achando, passava um tempo falava que tava fraco o movimento, não conversava com nenhuma mulher e ia embora igual um betas do caralho!

Graças a deus eu sai dessa vida e hoje prefiro andar de ape com os naturais da cidade e as lindas garotas, do que andar de carro com esse monte de beta.

Valeu!